PREF FEV
Industria e Comércio

Com investimento de mais R$ 2 milhões, Frigorifico de pescados deve ser implantado em Bataguassu

A indústria prevê fazer o processamento de tilápias e outros produtos, como o salmão, para comercialização no mercado interno.

08/02/2020 09h59
Por: Redacao
Fonte: SEMAGRO
A indústria deve gerar 50 empregos diretos. (Foto: Arquivo)
A indústria deve gerar 50 empregos diretos. (Foto: Arquivo)

Na primeira reunião de 2020, o Fórum Deliberativo do MS Indústria aprovou a implantação de um frigorífico de pescados em Bataguassu, com previsão de investir R$ 2,07 milhões e gerar 50 empregos diretos. A indústria prevê fazer o processamento de tilápias e outros produtos, como o salmão, para comercialização no mercado interno.

O Fórum Deliberativo também aprovou outros dois projetos de implantação de novas indústrias e um de ampliação.  Juntos, todos os empreendimentos somam R$ 50 milhões em investimentos, com potencial para gerar 300 novos empregos em Mato Grosso do Sul.

Em Três Lagoas, deve se instalar uma indústria que prevê usar alta tecnologia para fabricação de ferro ligas e chapas. O investimento total está estimado em R$ 8,3 milhões, com geração direta de 17 empregos.

Já em Selvíria, a previsão inicial da empresa era investir R$ 5 milhões para a fabricação de perfis de alumínios, tubo de aço inox e serviço industrial de pintura eletrostática, com previsão de 80 novos empregos. Porém, após a reunião a e empresa comunicou o Governo que vai antecipar a segunda fase de investimentos, que vai totalizar R$ 10 milhões e 120 empregos.

A ampliação aprovada pelo fórum será em São Gabriel do Oeste, onde uma indústria frigorífica de abate de bovinos vai investir R$ 27,3 milhões para implantar o setor de desossa e, para isso, vai contratar 140 novos trabalhadores. A unidade também está em processo habilitação para venda aos mercados internacionais.

O frigorífico em fase de ampliação está instalado no Núcleo industrial de São Gabriel, onde o Governo do Estado fez investimentos em 2019 no asfaltamento do acesso, utilizando recursos do Fadefe (Fundo de Apoio Desenvolvimento Econômico e de Equilíbrio Fiscal do Estado). O núcleo de Dourados também recebeu investimentos em infraestrutura do Governo do Estado e lá, uma empresa armazenadora recebeu a doação de um terreno para instalar uma unidade de secagem e armazenagem de grãos.

“O ano começou com elevado número de cartas-consultas de empresas interessadas em investir em Mato Grosso do Sul e isso representa uma sinalização positiva para o desenvolvimento econômico.  Atualmente temos R$ 15 bilhões no painel de investimento, em empreendimentos que reforçam cadeias estruturais e a interiorização do desenvolvimento”, afirmou o titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, que também preside o Fórum Deliberativo do MS Indústria.

MS Industria

O Fórum Deliberativo do MS-Indústria fixa as normas para concessão dos benefícios previstos na Lei Estadual Complementar n. 093/01 e Lei Estadual n. 4.049/11, presidido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar – SEMAGRO, atuando junto aos assuntos da indústria, do comércio e de serviços, inclusive deliberando acerca dos incentivos fiscais. Aos empreendimentos produtivos, de relevante interesse prioritário ou adicional, social ou fiscal do Estado podem ser concedidos benefícios ou incentivos fiscais propostos pelo Fórum e aprovados pelo Governador do Estado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias