Sábado, 24 de Julho de 2021
(67) 999415041
Oeste Paulista Oeste Paulista

PF faz operação em Presidente Prudente e Presidente Epitácio contra fraudes e comercialização irregular de carnes

Suspeita de organização criminosa envolvendo frigorífico de Presidente Prudente é alvo da operação da Polícia Federal

31/05/2021 17h51
Por: Redacao Fonte: G1
Polícia Federal deflagrou a Operação Inopino para combater crimes sanitários, de corrupção, estelionato e falsidade documental praticados por organização criminosa envolvendo um frigorífico localizado em Presidente Prudente — Foto: Reprodução/TV Fronteira
Polícia Federal deflagrou a Operação Inopino para combater crimes sanitários, de corrupção, estelionato e falsidade documental praticados por organização criminosa envolvendo um frigorífico localizado em Presidente Prudente — Foto: Reprodução/TV Fronteira

A Polícia Federal deflagrou a Operação Inopino para combater crimes sanitários, de corrupção, estelionato e falsidade documental praticados por organização criminosa envolvendo um frigorífico localizado em Presidente Prudente (SP). A ação acontece na manhã desta segunda-feira (31).

Aproximadamente 50 policiais federais estão cumprindo sete mandados de busca e apreensão também nas cidades de Presidente Epitácio (SP) e Rancharia (SP), além de Presidente Prudente.

Segundo a PF, provas desde 2018 que constam no processo apontam que uma auditora fiscal federal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) teria recebido valores e vantagens para facilitar a comercialização de carnes fora das normas adotadas pelo setor.

Durante as investigações, ainda conforme a polícia, ficaram demonstrados "fortes indícios" de que a servidora pública e representantes de uma empresa investigada trocavam embalagens de forma a adulterar datas de vencimento e modificavam romaneios e relatórios de pesagem.

A PF não divulgou o nome da empresa investigada.

A investigação apura a suposta prática dos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, prevaricação, falsidade documental, crime sanitário, estelionato e organização criminosa.

Por determinação judicial, a auditora fiscal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento investigada será afastada de suas funções.

O próximo passo da Polícia Federal é identificar se há outros envolvidos na prática.

Em nota ao G1, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou que ainda não foi notificado oficialmente sobre a operação policial deflagrada nesta segunda-feira (31) pela Polícia Federal em Presidente Prudente, que investiga supostos atos ilícitos praticados por uma servidora da pasta, atuante na fiscalização de um estabelecimento.

“No entanto, cautelarmente, a servidora foi afastada de suas funções exercidas no estabelecimento até que seja realizada auditoria por uma equipe especializada. O Mapa segue em busca de informações mais detalhadas com a Polícia Federal”, salientou o ministério ao G1.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bataguassu - MS
Atualizado às 06h41 - Fonte: Climatempo
15°
Tempo aberto

Mín. 14° Máx. 31°

15° Sensação
13.2 km/h Vento
44.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (25/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 33°

Sol
Segunda (26/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias