Terça, 24 de Maio de 2022
26°

Tempo aberto

Bataguassu - MS

Bataguassu Polícia

Em ação rápida, Polícia Civil prende suspeitos de furtar gado de sitio de Bataguassu

Uma vaca estava sendo desossada na hora que a polícia chegou

20/01/2022 às 18h32 Atualizada em 20/01/2022 às 18h44
Por: Redacao Fonte: Com informação RCN
Compartilhe:
Os criminosos e algumas cabeças de gado foram recuperados em Nova Andradina. (Foto: Divulgação)
Os criminosos e algumas cabeças de gado foram recuperados em Nova Andradina. (Foto: Divulgação)

Em uma ação conjunta, policias e investigadores da polícia civil das cidades de Bataguassu, Brasilândia e Nova Andradina conseguiram descobrir nesta quarta-feira (19) a autoria do furto de 32 cabeças de gado da raça nelore, de um sitio na Estrada Uerê, aproximadamente a 7 km da cidade de Bataguassu.

Os criminosos e algumas cabeças de gado estavam em Nova Andradina. Após a vítima denunciar na delegacia de Bataguassu o furto de 15 vacas nelores e 17 bezerros, as delegacias de polícia civil de toda região Leste do Mato Grosso do Sul e Oeste do estado de São Paulo, passaram a investigar o caso. A troca de informações entre as seccionais de polícia civil, resultou na identificação dos caminhões utilizados no transporte do gado roubado.

Dois caminhões boiadeiros da cidade de Nova Andradina, foram identificados pela participação no crime. Em conversa com a dupla de participantes no crime, foi descoberto que do total de 32 animais furtados (17 bezerros e 15 vacas) teria restado apenas 13 bezerros e quatro vacas.

Após confessar a participação, a dupla indicou aos policiais que o gado havia sido transportado para uma fazenda nas proximidades de Nova Andradina. Assim que a policial da civil chegou no local indicado, já presenciaram um gado abatido e sendo limpo para a venda em mercearias e açougues da região.

Os animais que restaram (quatro vacas nelore e 13 bezerros) foram levados novamente para o sitio de onde foram subtraídos e os autores presos por abigeato (crime de furto de gado) e também poderão responder por associação criminosa e crime contra à saúde pública.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias